CAMPANHAS APIC

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular está empenhada no desenvolvimento de iniciativas que permitam a capacitação do cidadão. Com estas atividades pretendemos melhorar a literacia em saúde, contribuindo para uma tomada de decisão informada, numa perspetiva de consciencialização para a prevenção e diagnóstico precoce das doenças cardíacas. Atualmente, APIC promove em Portugal duas campanhas de sensibilização.

Stent Save a Life

O Enfarte Agudo do Miocárdio, o vulgarmente chamado “ataque cardíaco”, é uma verdadeira emergência médica. Conhecer e compreender os sinais de um enfarte e agir o mais rapidamente possível pode ser decisivo para salvar uma vida!

Mais de dois terços da população portuguesa não conhece quais são os sintomas de Enfarte Agudo do Miocárdio. E somente um terço dos doentes utiliza o Número Europeu de Emergência - 112, para ser encaminhado para um hospital e ter a assistência médica mais adequada.

A campanha “NÃO PERCA TEMPO. SALVE UMA VIDA - o enfarte não pode esperar”, integrada na Iniciativa Europeia Stent for Life, foi trazida para Portugal pela Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC), organização que integra a Sociedade Portuguesa de Cardiologia. O objetivo é sensibilizar a população para os sinais e sintomas do Enfarte e para a necessidade de ligar 112, diminuindo assim o número de mortes provocadas por esta doença.

Saber mais

Valve for life

A iniciativa Valve for Life foi lançada na Europa em meados de 2015 com a missão de melhorar a utilização de implantes transcatéter de válvulas (tanto aórtica como mitral) em toda a Europa. Os seus objetivos são:

  • Aumentar a consciência sobre a importância da doença cardíaca valvular na população em geral,
  • Facilitar o acesso a novas terapêuticas, tais como intervenções percutâneas valvulares
  • Melhorar os padrões educacionais, reduzir os obstáculos a referenciação e a idade de implementação da terapêutica
  • Reduzir a discriminação de género no acesso aos cuidados

Portugal integrou esta iniciativa Europeia no dia 1 de Janeiro de 2017 e estabeleceu como missão "a Redução da morbilidade e mortalidade dos doentes valvulares, facilitando o acesso ao tratamento percutâneo".

Saber mais

TOP